segunda-feira, 28 de março de 2011

TRADIÇÃO DO BACALHAU NO MÊS DA MULHER E UMA DELICIOSA SUGESTÃO PARA A SEMANA SANTA



Uma receita fácil e prática para degustar com toda a familia


Estamos no mês em que se comemora o dia internacional da mulher e eu não poderia deixar de prestar minha homenagem da forma mais saborosa que é em apresentar uma receita especial para celebrar a data com muita alegria. Hoje a mulher atual, além de trabalhar, estudar, cuidar da casa, dos filhos e do marido, ainda tem que arrumar tempo para cozinhar, cuidar da saúde, da beleza e manter-se atualizada sobre tudo que acontece no mundo. As mulheres conquistaram um papel relevante na sociedade. Elas acumulam tarefas, defendem seus ideais, opinam, tomam decisões e não deixam a feminilidade de lado. Por tudo isso, a mulher contemporânea precisa ser prática. Nada de tempo desperdiçado, e na cozinha também não é diferente. Para facilitar a vida dessas verdadeiras guerreiras, nada melhor do que uma receita saborosa, de fácil preparo e que não vai pesar muito no bolso. Vale lembrar que a semana santa está se aproximando, e uma dica legal é preparar esta tradicional receita de Bacalhau à Gomes de Sá como uma ótima opção para seu almoço de domingo de páscoa com a família. Existem diversas maneiras de se preparar um bacalhau. É um alimento completo, saudável, que proporciona uma degustação muito saborosa e inesquecível, mas para um preparo perfeito é preciso alguns cuidados com essa carne tão especial. Confira as dicas:


• Não congele o bacalhau salgado e seco, pois isto lhe confere cor avermelhada e altera seu sabor original.

• Para hidratá-lo e dessalgá-lo, proceda assim: coloque a posta do bacalhau em uma vasilha com bastante água na geladeira (ele ficará tenro e não irá exalar nenhum cheiro).

• O tempo mínimo de dessalgue do bacalhau em postas é de 24 horas; postas muito grossas exigem até 48 horas. Já o bacalhau desfiado pode ser dessalgado em 6 horas. • Quanto mais vezes a água for trocada, mais rápido ele será dessalgado.

• Se o bacalhau ficar salgado demais, cubra-o com leite fervente e deixe por 30 minutos. Se necessário, repita o procedimento.

• O melhor momento para retirar a pele do bacalhau é quando ele ainda está salgado e seco. O bacalhau não deve ser fervido, pois prejudica o paladar e resseca o peixe. Cozinhe-o em fogo brando, sem deixar a água borbulhar.

• Se quiser apurar o paladar do bacalhau, de acordo com a receita, deixe-o temperado no azeite ou submerso no leite durante pelo menos 2 horas antes do preparo.


RECEITA DA SEMANA: Bacalhau à Gomes de Sá


Ingredientes:


1 quilo de bacalhau

500 g de batata

300 ml de azeite

4 dentes de alho

4 tomates em rodelas

4 cebolas em rodelas

4 ovos cozidos

150 g de azeitona preta sem caroço

sal e pimenta-do-reino a gosto

salsinha picada para decorar

Modo de preparo:

Deixe o bacalhau de molho por 24 horas trocando a água várias vezes para perder o sal (o bacalhau com a água tem que estar na geladeira). Afervente rapidamente e desfie o bacalhau em lascas. Coloque o bacalhau numa travessa refratária untada com azeite e cubra com a cebola, os tomates e o alho picadinhos. Espalhe a batata cortada em rodelas finas e polvilhe com sal (se precisar), pimenta e salsinha. Regue com o azeite. Adicione as azeitonas e leve ao forno por mais ou menos 30 minutos. Decore com fatias de ovos cozidos.

Rendimento: 4 a 6 porções.


Dica de Chef: Para a refeição ficar mais saborosa procure utilizar produtos com qualidade como, por exemplo, um bom azeite de oliva. Não jogue fora a água que você aferventou o bacalhau, utilize essa água para pré-cozinhar as batatas; preparar um arroz de acompanhamento ou fazer um pirão. Você pode ganhar tempo na cozinha comprando o bacalhau já dessalgado e desfiado. Sirva esse prato com arroz branco e um bom vinho.


CURIOSIDADE SOBRE A RECEITA:

Alguns pratos tradicionais da culinária recebem o nome de seus criadores. Este é o caso do bacalhau à Gomes de Sá, tradicional receita portuguesa deste peixe, de autoria de José Luiz Gomes de Sá Júnior, falecido em 1926, e na época cozinheiro do Restaurante Lisbonense, lugar em que criou a receita. Sua receita tradicional propõe que o bacalhau seja cortado em pequenas lascas marinadas no leite por mais de uma hora. Assado no forno, com azeite, alho, cebola, acompanhando azeitonas pretas, salsa e ovos cozidos. Este é um prato típico da região centro de Portugal. É de preparação simples e relativamente rápida.


Um comentário:

  1. Comprei bacalhau salgado hoje, e vou prepará-lo para o Natal. Onde devo guardá-lo para não estragar? Obrigada.

    ResponderExcluir

Deixe seu recadinho... Vou adorar saber sua opinião!